Trabalhador com lesão ortopédica vai receber auxílio-doença por incapacidade temporária do INSS

A 1ª Vara Gabinete do Juizado Especial Federal (JEF) de Campo Grande (MS) condenou, em julho de 2022, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a conceder auxílio-doença a W.G.F., que está  incapacitado temporariamente de trabalhar em decorrência de uma significativa lesão ortopédica.

Na decisão, o juiz  estipulou que o benefício deverá  ser pago retroativamente – com as devidas atualizações  monetárias – a contar de setembro de 2020.

Henrique Lima, sócio da Lima & Pegolo Advogados Associados, esclarece que seu cliente está afastado de suas funções profissionais desde agosto de 2018. Pontua que, até dois anos atrás, foi assistido pelo órgão nacional, mas que, depois, teve o auxílio cessado.

“Em casos de incapacidade temporária, é fundamental estar munido de toda a documentação médica e também se atentar aos prazos, tanto para reavaliações médicas quanto para protocolar os requerimentos de manutenção do benefício. Deste modo, os segurados evitam de serem prejudicados com o corte do auxílio”, aconselhou.

0 pessoas leram esse artigo
Sobre o Autor

Conheça o autor H. S. Lima e seus conteúdos de Filosofia e Fé

Vamos conversar sobre esse assunto?

Preencha o formulário para que eu ou alguém de minha equipe possa entrar em contato com você.

    Exames, atestados, apólice, etc. e tudo que você acredita que possa me ajudar entender seu caso

    Ao preencher o formulário você concorda com os termos de nossa política de privacidade

    Fale comigo por E-mail ou