Seguro de vida, afinal, o que é?

 No Brasil, apenas 15% dos brasileiros possuem seguro de vida. Afinal, muitos brasileiros pensam que o seguro de vida é o “seguro da morte”, ou seja, indenização que é recebida pelos beneficiários em caso de morte do titular.

Porém, não é bem assim; o principal objetivo do seguro de vida é sim oferecer uma indenização ao segurado ou seus beneficiários, em caso de morte, por exemplo; mas não apenas isso.

Quem contrata um seguro de vida, portanto, deve indicar quem são seus beneficiários – que recebem o valor da cobertura do seguro, em caso de morte, já que no seguro de vida existem duas espécies de usuários: titulares e beneficiários.

Logo, o titular é quem contrata o seguro de vida, cobrindo vida e/ou saúde do titular, podendo ser, ainda, seguro individual ou familiar; e o beneficiário é o escolhido pelo titular para receber o valor do seguro no caso de morte do titular.

Diversos seguros de vida, por exemplo, cobrem, além de indenização por morte do titular, invalidez acidental permanente – total ou parcial; despesas médico-hospitalares; diárias por internação ou incapacidade temporária, doenças graves, entre outros casos.

É claro, entretanto, que a cobertura varia de seguradora para seguradora, dependendo da apólice contratada; geralmente, a cobertura básica é a morte do segurado.

Frisa-se, então, que um seguro de vida pode, além da morte do titular, também cobrir:

  • invalidez acidental permanente – total ou parcial;
    • despesas médico-hospitalares;
    • diárias por internação ou incapacidade temporária,
    • doenças graves, entre outros casos

Portanto, fique atento, pois as seguradoras nem sempre respeitam o que está previsto na cobertura do seguro, principalmente nos casos que não envolvem morte do titular, mas sim outras questões como invalidez permanente, incapacidade temporária ou doenças graves.

9 pessoas leram esse artigo
Sobre o Autor

Conheça o autor H. S. Lima e seus conteúdos de Filosofia e Fé

Vamos conversar sobre esse assunto?

Preencha o formulário para que eu ou alguém de minha equipe possa entrar em contato com você.

    Exames, atestados, apólice, etc. e tudo que você acredita que possa me ajudar entender seu caso

    Ao preencher o formulário você concorda com os termos de nossa política de privacidade

    Fale comigo por E-mail ou