Perda de safra por seca (estiagem) e negativa da seguradora, o que fazer?

Além da perda de safra e produtividade por excesso de chuvas, a seca (ou estiagem) também é outro fator que geralmente gera direito à indenização, nos termos da apólice de seguro contratada.

A perda de produtividade, portanto, resultada por ação climática de seca, pode fazer com a ausência de chuva prejudique a plantação, inviabilizando a colheita.

Ainda que muitas vezes a seguradora alegue a seca não está coberta pela modalidade do seguro ou e que o sinistro não foi devidamente comunicado, é preciso analisar o contrato de seguro para entender os riscos cobertos e qual garantia de direito pelo prejuízos causados à produção em razão da seca.

Dúvidas? Entre em contato com nossa equipe de advogados especializados em Direito Securitário.

0 pessoas leram esse artigo
Sobre o Autor

Conheça o autor H. S. Lima e seus conteúdos de Filosofia e Fé

Vamos conversar sobre esse assunto?

Preencha o formulário para que eu ou alguém de minha equipe possa entrar em contato com você.

    Exames, atestados, apólice, etc. e tudo que você acredita que possa me ajudar entender seu caso

    Ao preencher o formulário você concorda com os termos de nossa política de privacidade

    Fale comigo por E-mail ou