Na dificuldade, descubra suas forças interiores

“O êxito da vida não se mede pelo caminho que você superou,
mas sim pelas dificuldades que superou pelo caminho.”
(Abraham Lincoln)

Várias músicas brasileiras produzidas duran­te o período de regime militar possuem um sabor especial porque, para transmitir suas mensagens e evitar que fossem barradas pela censura, seus compositores se esforçavam em esconder seus verdadeiros significados, que muitas vezes eram de críticas ao “sistema”. Isso faz com que, ao escutá-las, haja a satisfação da descoberta.

Aliás, o filósofo Schopenhauer, ensinando a arte de escrever, cita outro pensador, Voltaire, que afirmou: “o segredo para ser entediante é dizer tudo”. 

Percebe-se a verdade dessa lição, por exemplo, na música “Girassol”, cantada em dueto pela Priscilla Alcântara e pelo youtuber Whindersson Nunes. 

Num determinado momento, a letra diz: “que eu seja todo dia como um girassol”. Ora, bastaria ter parado aqui. Haveria um mistério a ser desvendado. O que quiseram dizer?, perguntaríamos. Então, cada ouvinte preencheria com um significado que lhe fizesse sentido e que seria válido, desde que não destoasse do restante da letra, que é gospel, ou seja, voltada para adorar o Criador. Porém, acabaram com a graça da música quando em seguida completam: “de costas para o escuro e de frente para a luz”.

Então, no caso das artes, a censura estatal agiu como uma dificuldade externa que exigiu que os artistas usassem ao máximo sua criatividade a fim de não serem barrados e, só assim, conseguissem transmitir uma mensagem.

Viver longos períodos de tranquilidade facilmente pode levar a um marasmo que vai anestesiando até que se passa a fazer as coisas quase no automático, mesmo as que inicialmente eram complexas, com o nefasto efeito de ador­mecer conhecidas características e também de impedir que venham à tona habilidades até então ocultas e que algumas vezes só eclodem quando sujeitas a ambientes de intensa pressão.

A humanidade está repleta de histórias de pessoas que conseguiram sobreviver e ainda ficaram mais fortes após atravessar momentos de severas dificuldades, pois descobriram talentos e habilidades que não imaginavam possuir. Basta procurar na internet sobre “histórias de superação em meio a crises” e você encontrará relatos incríveis.

Mas, cuidado! Não se deixe levar por pensamentos pessimistas como: “isso não é para mim”; “não sou tão inteligente”; “não tenho um propósito especial neste mundo”; “isso é para a próxima geração, para os mais novos”; “isso é para os ricos”; “isso é para quem nasce pobre e passa muita dificuldade na vida, então precisa se esforçar muito e por isso fica forte”; “não tenho grandes ambições, apenas quero pagar as contas”. Evite pensar assim. Proíba-se.

Sim, é verdade que muitas histórias parecem relatos he­roicos, de seres humanos incríveis que construíram grandes empresas, conquistaram nações, fizeram importantes descobertas, inventaram coisas fenomenais. Contudo, acontecimentos com essa grandiosidade são “pontos fora da curva” e ao comparar com sua vida talvez você tenha dificuldade em se enxergar tão capaz. 

É importante que saiba que esse nível extraordinário de realização é exceção e que é infinitamente maior a quantidade de pessoas comuns que, apesar de não terem ficado famosas e ocupado as manchetes pelo mundo, conseguiram superar grandes crises individuais.

São pessoas que, enquanto atravessavam momentos de desemprego, falência, doença, divórcio, abandono, traição comercial, injustiça, falecimento, acessaram habilidades e talentos que estavam adormecidos e, consequentemente, conseguiram realizar atos que até poderiam ser simples em momentos normais, mas que em determinada época representaram grandes vitórias, como garantir o alimento da família, pagar o aluguel da moradia, comprar remédio para os pais doentes, manter os filhos numa boa escola para que tivessem a chance de um futuro melhor etc.

CONTINUA…

Está gostando deste texto? Leia ele completo adquirindo o livro “Princípios para a Vida”, no link abaixo.

98 pessoas leram esse artigo
Sobre o autor

Henrique Lima

Sobre o autor

Henrique Lima

Henrique Lima é advogado atuante em defesas de servidores públicos civis e militares, de trabalhadores da iniciativa privada, de profissionais liberais, de associações, sindicatos e empresas em temas envolvendo direito administrativo, tributário, previdenciário (INSS e RPPS), do trabalho e do consumidor.

 

É mestre em direito pela Universidade de Girona – Espanha e pós-graduado (lato sensu) em direito constitucional, direito do trabalho, civil, consumidor e família. É sócio do escritório Lima, Pegolo & Brito Advocacia (www.lpbadvocacia.com.br) que possui unidades em Curitiba-PR, Campo Grande-MS, Cuiabá-MT, Rio Brilhante-MS, Dourados-MS e Aquidauana-MS, mas atende clientes em vários Estados brasileiros.

Saiba mais sobre o autor

Vamos conversar sobre esse assunto?

Preencha o formulário para que eu ou alguém de minha equipe possa entrar em contato com você.

Exames, atestados, apólice, etc. e tudo que você acredita que possa me ajudar entender seu caso

Fale comigo por E-mail ou