Férias

Após transcorridos ao menos 12 meses do contrato de trabalho, o empregado adquire o direito às férias, que nada mais são do que o direito de se afastar do trabalho com percepção da remuneração, sendo devido ainda mais o acréscimo de 1/3 deste valor.

Embora pareça simples, muitos empregados não possuem esse direito garantido, seja porque são OBRIGADOS a vender parte de suas férias (abono pecuniário), quando na verdade tal possibilidade deveria ser FACULDADE do empregado, seja porque não conseguem se desconectar do ambiente laboral.

Muitas vezes, em que pese não estarem presentes fisicamente no local de trabalho, não deixam de receber telefonemas, mensagens e solicitações do empregador, mesmo durante o esperado período das férias.

 
Importante saber que o desrespeito às férias em sua integralidade ou mesmo a sua concessão fora do prazo devido possibilita o percebimento do pagamento em dobro pelo empregado.

Faça o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios

Artigos

Direito do Trabalho: Ligações e E-mails durante as Férias? DIREITO DO TRABALHO: LIGAÇÕES E E-MAILS DURANTE AS FÉRIAS? Na prática da advocacia laboral quando indago aos clientes se gozaram as férias a resposta geralmente é afirmativa. Porém ao ser um pouco mais específico e perguntar se recebiam ligações tanto dos... 18/08/2016 LEIA MAIS

TIRE SUAS DÚVIDAS

FILTRO

CATEGORIAS

VOLTAR

FALE COMIGO

Site desenvolvido por:

Chamar no WhatsApp