Revisão de Benefício

Faça o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios
Celeste Moraes
Há um ano cortaram meu benefício, desde então não consigo reaver ; pois faço as perícias, mas não consigo, entrei Judicialmente, mas a perita fez um laudo, sem explicação; todas as perguntas do Juiz, ela só respondia negativo, não explicava nada, demorou 2 meses para mandar, porque o Juiz cobrou! Parecia que ela contestava até o laudo do meu Psiquiatria, que faço tratamento há quase 20 anos!! Tenho Síndrome de Pânico, depressão e outro transtorno, nunca mais voltei ao trabalho; tenho crises sempre, não saio de casa, não saio sozinha, comprometo o trabalho do meu esposo muitas vezes é mandado embora e quando ele faz serviços por conta própria, tem que parar tudo e vir me socorrer; muitas vezes estou sozinha, grito o Porteiro, grito qualquer pessoa por ajuda... Tenho um remédio novo preciso tomar, mas não tenho como comprar... Por favor Dr. Me ajuda... Eu gostaria muito que o INSS fizesse acho que (avaliação) sobre tudo que acontece comigo, tenho certeza que só assim eles me concedia o benefício ou me aposetava!! Já fui muito humilhada no INSS, muito mesmo!! Muito obrigada!!
19/08/2018
Patrícia Antunes Sisti
Olá, Celeste. Obrigada pelo contato.
Recomendamos sempre estar munida de bons documentos médicos, principalmente laudos que atestem sua incapacidade para o trabalho, e se assegurar de que esses documentos estão no processo. Basta conversar com seu advogado para tomar as atitudes cabíveis e aguardar a decisão do Juiz.
Sobre o remédio que a senhora não tem condições de adquirir, poderá avaliar a possibilidade de requerê-lo por meio de ação judicial.
Estamos à disposição para te ajudar.
Atenciosamente,
Patrícia Sisti
03/09/2018
Cleide custodio gomes
Estou aposentada por invalidez a mais de cinco anos tenho 55 anos judicialmente inss recorreu pra reabilitacao não teve como me reabilitar agora fui convocada pro pente fino como devo me proceder passarei por nova revisão grato
24/07/2018
Patrícia Antunes Sisti
Bom dia, Cleide, obrigada pelo contato.
Não se esqueça de levar documentos médicos atualizados no dia da perícia.
Caso tenha uma resposta negativa do INSS, o que não esperamos, estamos à sua disposição para tomarmos as medidas cabíveis.
Se você recebeu o benefício por mais de 5 anos e o INSS entender que não há mais a incapacidade para o trabalho, sua aposentadoria não será cessada de imediato. Receberá a chamada "mensalidade de recuperação" por 180 meses. Durante 6 meses receberá o valor integral, nos próximos 6 receberá 50% e nos últimos 6 receberá 25%.
Enquanto isso, podemos ingressar com nova ação judicial, pedindo, inclusive, tutela antecipada para que o benefício não seja cortado enquanto não haja a decisão definitiva do Judiciário.
Caso resmanesçam dúvidas, estamos a postos.
Atenciosamente,
Patrícia Sisti
07/08/2018
ERIKA
Olá! Uma dúvida aposentado por invalidez judicial pode ser chamado pelo INSS para perecia mas só pode ser cortado o benefício via judicial? O INSS não poderá suspender na hora da perecia?
04/03/2018
Henrique
Olá Érika, obrigado pelo contato.
Na prática o INSS faz isso sim, mas existem várias decisões judiciais no sentido de que, pelo princípio do “paralelismo das formas”, se o benefício foi concedido por ordem judicial só poderá ser cortado igualmente por ordem judicial.
Caso precise, podemos te auxiliar.
Abraço.
 
05/03/2018
almiro amaro da silva
sou aposentado por invalidez a 9 anos fui convocado para fazer a pericia pente fina agendei para 21 de março se for cancelado o bn posso entrar na justiça eu exercia a profiçao mt de carreta ai deu aposentei probrema de coluna
21/02/2018
Jhenny Andrade
Olá Sr. Almiro, obrigada pelo contato.
É possível ingressar com ação para restabelecer a aposentadoria sim, caso cortem.
Mas é importante o senhor apresentar documentos médicos recentes na perícia, laudos descrevendo que o senhor continua incapacitado para o trabalho.
Estamos à disposição.
Abraço
 
21/02/2018

Artigos

Previdência Social (INSS): Auxílio-Acidente PREVIDÊNCIA SOCIAL (INSS): AUXÍLIO-ACIDENTE RESUMO:    Trata-se de artigo que tem por objetivo chamar a atenção para a importância do Auxílio-Acidente previsto no artigo 86... 18/04/2018 LEIA MAIS
Aposentadoria dos Professores: Fator Previdenciário Aposentadoria dos Professores: Fator Previdenciário   As últimas decisões do STJ e a recente súmula do TRF-5 que reafirmaram a tese de que o fator previdenciário incide sobre a aposentadoria dos professores fez com que vários profissionais da educação... 23/08/2017 LEIA MAIS
Novo "Pente Fino" do INSS: Mais uma importante decisão do STJ para a luta contra os ataques aos aposentados por invalidez NOVO “PENTE FINO” DO INSS: MAIS UMA IMPORTANTE DECISÃO DO STJ PARA A LUTA CONTRA OS ATAQUES AOS APOSENTADOS POR INVALIDEZ Recentemente duas notícias, uma boa e uma ruim, chamaram a atenção daqueles que trabalharam com o direito previdenciário. De... 03/08/2017 LEIA MAIS
Aposentadoria Especial do Servidor Público: Averbação do Período Insalubre no Regime Celetista APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO: AVERBAÇÃO DE PERÍODO INSALUBRE NO REGIME CELETISTA Com a implementação da reforma trabalhista (Lei 13.467/2017), aumentou o medo das mudanças que poderão ocorrer com a anunciada Reforma da... 02/08/2017 LEIA MAIS

TIRE SUAS DÚVIDAS

FILTRO

CATEGORIAS

VOLTAR

FALE COMIGO

Site desenvolvido por:

Chamar no WhatsApp